O que é a CASA Bodisatva

Quem somos?
Somos um grupo de amigos querendo – como muitos – “fazer alguma coisa” por moradores de rua, favelas, barracos, malocas, mocós. Somos a CASA Bodisatva, e nossa CASA fica onde as pessoas estão.

Se a gente pudesse?
Ah, ajudava todo mundo a se livrar do sofrimento e das causas do sofrimento! Ajudava todo o mundo a encontrar a felicidade e as causas da felicidade! A gente não deixava ninguém de fora.

Nossa estratégia?
Fazer amizade. Estabelecemos laços de afeto com base no respeito, na confiança, na alegria e no amor.
E, assim como fazemos com qualquer bom amigo, procuramos dar apoio e ajuda naquilo que for preciso e que estiver ao nosso alcance.
Ajuda para tirar documentos, reencontrar os filhos, fazer as pazes com o pai. Uma força para consertar os dentes, arrumar roupas de inverno, reciclar a mobília. Dar um trato no barraco. Comemorar o aniversário, compartilhar o luto. Visitar a terra natal. Telefonar para a mãe no Piauí, deixar recado para o irmão em Minas Gerais. Estudar junto para a prova de matemática, preparar o currículo para o primeiro emprego. Tirar fotos, fazer um álbum.
Ouvido e ombro para momentos difíceis, companhia e abraços para as horas felizes.

Amigo todo o mundo tem. E amigo a gente quer bem.
Agindo pelo bem de nossos amigos, vamos removendo um tiquinho da preguiça, do egoísmo, do preconceito e da ignorância que costumam encobrir as qualidades de nossos corações. E vamos ficando um pouquinho mais preparados para seguir aquele nosso sonho grandioso, aquele do “se a gente pudesse”.

Como tudo começou?
No finalzinho de 2013, em meio a festas de Natal e Ano Novo debaixo do Minhocão, em SP, enquanto moradores de rua surpreendiam-se com tanto respeito, carinho e cuidado na organização de pequenos detalhes (como as velas perfumadas e os biscoitos em forma de estrela), alguns de nós surpreendíamo-nos com o impacto que nossos pequenos atos podiam exercer sobre pequenos (e até grandes) sofrimentos que, até então para muitos de nós, pareciam invisíveis.
Voltamos no dia seguinte para mais uma visita, e depois outra, e outra, e não quisemos parar mais. Nascia assim a Conexão Bodisatva.
No início de 2015, a Conexão Bodisatva se tornaria uma associação sem fins lucrativos, a Associação CASA Bodisatva de Apoio à Pessoa em Situação de Vulnerabilidade Social, ligada à CASA Centro de Apoio aos Sem Abrigo, de Portugal, sob orientação de Tulku Pema Wangyal Rinpoche.

Bodisatva?
Termo usado no budismo tibetano, Bodisatva é aquele que dedica sua vida à felicidade do outro. Aqui na CASA, somos todos “aspirantes” a Bodisatva :)

Seja um amigo da CASA

Doe Tempo

Doe Tempo: Com um pouquinho do seu tempo, você pode sair com a gente pelas ruas, pode fazer pesquisas por telefone, pode ir buscar uma doação em algum canto da cidade ou pode ajudar a organizar um bazar. Há mil formas de tornar ainda mais preciosa uma horinha da sua vida.

Doe Coisas

Doe Coisas: Leite para as crianças, celular usado para falar com os parentes, cimento para a reforma do barraco, mochila para a escola, radinho para passar o tempo no hospital, uma lista com algumas das necessidades de nossos amigos aqui.

Doe Tempo

Doe Dinheiro: Cada contribuição é bem vinda, por menor que seja, pois ela será uma gotinha se juntando a outras em um oceano de compaixão.

Doe Coração

Doe seu Coração: Acompanhe nossas ações, compartilhe-as com seus contatos, torça pelo bem de nossos amigos, envie a eles boas energias e faça por eles excelentes aspirações.

Faça sua doação

Ou faça um depósito direto em nossa conta:

CASA Bodisatva
CNPJ: 22.173.973/0001-65
Banco Itaú
Ag: 3218
C/C: 39860-4

Nossa história

Por pouco mais de um ano, fomos Conexão Bodisatva. Três amigas que saiam pelas ruas, malocas e favelas da cidade,fazendo amigos. Demos alguns passos, tropeçamos, levantamos. E assim estabelecemos as bases para podermos nos tornar, oficialmente, a CASA Bodisatva.

Hoje temos contrato social, CNPJ, inscrição municipal, conta bancária e contas a pagar. Nos institucionalizamos, mas continuamos com o mesmo sonho e com a mesma determinação de sempre usarmos o melhor de nossos corações, com quem quer que seja, onde quer que seja.

Como uma associação CASA, somos ligados à CASA Centro de Apoio aos Sem Abrigo, de Portugal. Lá, assim como em outros países onde a CASA se estabeleceu, a ação principal é a entrega de refeições aos moradores de rua que, frequentemente, têm nesse apoio a única fonte de alimentação quente e garantida do dia. Um trabalho essencial, feito com muita dedicação e amor.

Quando fomos convidadas a nos tornar CASA no Brasil, passamos por uma “crise de identidade”: Como poderemos ser uma CASA se, aqui em São Paulo, não entregamos refeições, já que alimentos muitas vezes até sobram aos moradores de rua, doados por outras instituições, por restaurantes e bares ou mesmo por gente que passa na rua? Se, nas comunidades que visitamos , muitas vezes vemos sacos de arroz e feijão estragando pelos cantos do barraco, convidando ratos a uma grande festança? Algo para comer,quase sempre tem. Mas faltam tantas outras coisas, tantas!

Foi refletindo uma noite que descobrimos que podíamos, sim, ser CASA, sem jamais entrarmos numa cozinha.

Na verdade, entregamos , sim, refeições! Apenas nosso menu é diferente porque as necessidades são diferentes: ao invés de feijão, arroz, carne, legumes, entregamos tempo, atenção, carinho, amor. Entregamos nosso ouvir, nosso olhar, nosso abraço, nosso coração.

E a cada dia o menu muda. Tem dia que entregamos encorajamento ,companhia, ombro amigo, puxão de orelha… Já no outro, entregamos um par de brincos, caderno e canetinhas, revistas, agasalhos. Entregamos um “show” de música, aplausos, dancinha de chacrete e risadas, muitas risadas.

Entregamos, silenciosamente, mantras e preces.

Nossos conectados mudam, as necessidades mudam… E nosso menu muda junto, ao bom estilo brasileiro. Dançando conforme a música. Tentamos entender de que é que cada um precisa e, seguindo a velha máxima da cozinha caseira “fazemos com o que temos”, entregamos, sim, uma refeição.

A bem dizer, não entregamos. Comemos junto.

Nossa vontade é que qualquer resultado positivo que possa haver das ações e aspirações daqueles que se conectem à CASA Bodisatva, mesmo que à distância e por um único instante, possam alcançar a todos os que estejam sofrendo, onde quer que estejam, trazendo-lhes alívio imediato e incontáveis e duradouros benefícios.

Contatos

E-mail: contato@casabodisatva.org
Tel: +55 11 99190-1100

Junte-se a nós!

ação
conexão
apoio
amizade

Toda a alegria do mundo vem de querer felicidade para os outros;

Todo o sofrimento do mundo vem de querer felicidade para si mesmo.

Shantideva
Sábio indiano do século VIII

Faja já a sua doação

Onde existe abandono

e sofrimento

é possível haver apoio

amizade

harmonia

alegria

gentileza

cuidado

atenção

entusiasmo

proximidade

acolhimento

amor